Transformar ideias em realidade para transformar o mundo: Conheça a Casa do Bem, de Sergipe

9 de janeiro de 2020

Por Impacta Nordeste
Fotos: Casa do Bem / Divulgação


“Imagine um lugar onde ideias podem se transformar em realidade e ainda mudar o mundo?”. Essa é a premissa da Associação Casa do Bem, aceleradora de impacto social com atuação em Sergipe que tem como missão ajudar novos empreendedores que estão iniciando no campo de impacto social. 

César Barreto, um dos fundadores da Casa do Bem, conta que a ideia para criar este espaço surgiu a partir de uma “inquietação” compartilhada entre um grupo de amigos causada após conhecer algumas iniciativas sociais em atividade pelo Brasil.

Foi então que em 2015, Ricardo Macedo, hoje Diretor Presidente da Casa do Bem, mobilizou várias organizações e projetos sociais de Sergipe para participar da 1° feira de Impacto Social do estado. “O evento foi um grande sucesso e foi o primeiro passo para a criação da nossa pequena rede de impacto social.”, conta César. 

Reunião da equipe da Casa do Bem com empreendedores sociais. César Barreto (à esquerda). Foto: Divulgação

A associação atua promovendo o fortalecimento do ecossistema social em Sergipe, através da realização de oficinas, laboratórios, capacitações e mais recentemente, foi criado um programa de Aceleração Social.

Atualmente os serviços estão divididos em três eixos: 1) conexão de projetos e organizações sociais em rede formada por diversas outras organizações para compartilhar experiencias e firmar parcerias; 2) eventos e capacitações para os empreendedores sociais com foco nas necessidades do ecossistema local; 3) Aceleração Social composta por um diagnóstico da organização ou projeto, e mentoria para ajuda-los com seus principais desafios.

Cerca de 30 ONGs e projetos sociais já contaram com a ajuda da Casa do Bem. O apoio não vem somente da própria associação; a união entre as iniciativas sociais participantes em prol do desenvolvimento de outros negócios é estimulado nos eventos chamados Encontros de Impacto Social. Um exemplo disso é o Instituto Irradiar, organização não-governamental cujo foco é contribuir para a educação e desenvolvimento de crianças através de oficinas de robótica.

Mobilização Muda Junto Aracaju, com apoio da Casa do Bem. Foto: Divulgação

“Na época eles (membros da Irradiar) estavam em busca de uma sede para realizar suas atividades em um bairro específico, no caso, o parque tecnológico de Sergipe, o SergipeTec. Um membro de uma outra iniciativa lhes disse que trabalhava no parque e que estava com uma sala disponível na região. Firmaram então uma parceria para que a ONG Irradiar pudesse se estabelecer no local.”, relembra César. 

Futuro

A região Nordeste vem aos poucos crescendo no campo de negócios de impacto social. No entanto, para César, o que falta é um olhar mais atento e empático dos próprios empreendedores e investidores em potencial. “O Nordeste é uma região com grande potencial, podendo chegar a se tornar até referência no Brasil no assunto. O grande desafio é integrar, conectar, profissionalizar e fortalecer o ecossistema de forma geral, potencializando ainda mais o impacto social em nosso estado.”, afirma. 

“O Nordeste é uma região com grande potencial, podendo chegar a se tornar até referência no Brasil no assunto. O grande desafio é integrar, conectar, profissionalizar e fortalecer o ecossistema de forma geral, potencializando ainda mais o impacto social em nosso estado.”

Cesar Barreto, Co-Fundador da Casa do Bem

Nesses quase cinco anos de atividade, a Casa do Bem vem buscando participar de cada fase do projeto trazido pelo empreendedor, desde a maturação da ideia e objetivos até mesmo para àqueles que já possuem seu negócio formalizado. De todo modo, a Casa do Bem surge como elemento importante no caminho da realização do sonho de diversos empreendedores de Sergipe: ver o seu negócio transformar positivamente a vida de quem precisa. 

Cesar Barreto (último à esquerda) e Ricardo Macedo (3º a partir da direita). Foto: Divulgação

E para os novos empreendedores sociais, Ricardo tem um recado. “Empreender no Brasil não é fácil, e empreender em iniciativas sociais menos ainda. Mas se você tem uma ideia, não desista. Você pode estar prestes a mudar a vida de muita gente.”

Para 2020, a Casa do Bem continuará com seu trabalho com laboratórios, oficinas e um novo ciclo de Aceleração Social. Também estão sendo planejadas outras novidades, como o Mapa de Impacto Social de Aracaju. “Não posso dizer mais nada, mas teremos algumas surpresas legais em 2020”, indica Cesar. Para ficar por dentro dessas novidades, siga o perfil da Casa do Bem no Instagram e aqui no Impacta Nordeste.

Todo mês nós contamos a história de empreendedores sociais que estão fazendo a diferença no Nordeste. Quer conhecer outras histórias? Acesse a seção Quem faz / Empreendedores.

Que tal conhecer outras iniciativas de impacto social de sucesso pelo Nordeste? Acesse o Mapeamento de Negócios de Impacto e ONGs em nosso portal

Gostou do nosso site? Siga o Impacta Nordeste, assine a nossa newsletter e compartilhe com os amigos!