Há vida fora do eixo

22 de agosto de 2019

Fora dos holofotes e distante dos grandes centros, empreendedores sociais de diferentes partes do país lutam para transformar a realidade social e pela sobrevivência de seus empreendimentos.

Por Marcello Santo – 13/08/2019


Característica recorrente de países em desenvolvimento, a concentração econômica regional possui diversos motivos e consequências. No Brasil, 55% da economia nacional está concentrada no Sudeste.

Para quem nasceu em SP ou RJ, é comum escutar que o Brasil se restringe a esses dois centros. De fato, grande parte das oportunidades estão concentradas nas duas maiores cidades do país.

No entanto, em termos populacionais, 58% da população mora em outras regiões. Diante desse cenário, muitas pessoas (hoje menos) escolhem migrar para esses centros, acarretando nos notórios problemas da concentração populacional. Faltam oportunidades em outras regiões e sobra concorrência nos grandes centros.

No campo social não é diferente. Institutos, fundações, aceleradoras, incubadoras, fundos de investimentos e oportunidades estão concentradas no eixo Rio – São Paulo. Para quem trabalha e/ou empreende no campo social, que por si já é um nicho restrito, sobreviver fora desse eixo representa um enorme desafio.

A minha trajetória profissional nada ortodoxa me proporcionou fazer o caminho inverso. Nasci no RJ e morei por muito tempo em SP. Em 2011, embarquei em uma jornada pelo Brasil como coordenador de um projeto itinerante de inclusão digital, empregabilidade e empreendedorismo pela ONG Recode. Morei por 1 mês em mais de 50 municípios em todas as regiões do país.

Essa experiência me fez quebrar preconceitos. Conheci pessoas, histórias e realidades fascinantes. Percebi que, ao contrário do senso comum, não só há vida fora do eixo, como em muitos aspectos, a vida fora do eixo era muito melhor.

Em busca de qualidade de vida, fui morar em Natal e, apesar das escassas oportunidades na área social no estado, pude assumir funções e desenvolver projetos que me colocaram em contato com o ecossistema regional de iniciativas sociais. Conheci o trabalho de organizações, coletivos e muitos empreendedores sociais. Tive contato com iniciativas inovadoras, ONGs que fazem a diferença em suas comunidades e jovens empreendedores extremamente motivados ingressando no campo dos negócios de impacto.

Através de muito diálogo e observação, concluí que há muita gente fazendo coisa boa, mas poucas pessoas conhecem essa realidade. Grande parte desses empreendedores sociais diz que há pouca informação sobre o que está sendo feito. Essa falta de visibilidade acarreta, entre outras coisas, em um ecossistema disperso e com baixo investimento. Poucos empresários locais têm conhecimento sobre os benefícios do Investimento Social Privado (ISP), por exemplo. Como investir em algo que não conhecem?

Pensando nisso, lançamos o portal Impacta Nordeste, que veio para unir quem faz e ajudar quem quer fazer. É a voz ativa de empreendedores sociais de toda a região. Um espaço para conectar, capacitar, divulgar e mobilizar as ações de responsabilidade social, negócios de impacto e projetos sociais que transformam positivamente a região. Buscamos integrar os diferentes atores (empreendedores sociais, sociedade civil, poder público e setor privado) para fomentar o ecossistema de negócios de impacto, organizações sociais e projetos transformadores.

Entendemos que há um enorme potencial e diversas oportunidades para quem quer transformar a realidade social da região de forma criativa e inovadora. Acreditamos que a comunicação, o conhecimento e o engajamento são ferramentas fundamentais para empoderá-los e gerar novas oportunidades.

Nossa missão é informar para impactar. DAR VOZ A QUEM PRECISA E ATINGIR QUEM DEVE ESCUTAR.

Através desse artigo de estreia, convido todos a conhecerem o trabalho de diversos empreendedores que buscam transformar a realidade local, assim como convido a todos para participarem dessa construção coletiva. Esse espaço é de todos nós.

Publicado por:
Marcello Santo

Gestor de Projetos e Empreendedor Social. Fundador da Visão Social – Soluções de Impacto e criador do portal Impacta Nordeste. Colaborou com grandes organizações e empresas em diversos projetos de impacto social. Escolheu trabalhar para o bem comum. Espera ter feito o certo. Tem como missão ajudar na construção do ecossistema de iniciativas sociais no NE.