ConhecimentoNegóciosOportunidadesOrganizações

5 conhecimentos úteis para gerar impacto social positivo

3 mins de leitura

Se para mudar o mundo precisamos de toda ajuda possível, quais são os conhecimentos mais importantes de serem desenvolvidos quando uma pessoa está iniciando uma carreira com o propósito de transformar realidades? O que é mais essencial para saber e cuidar ao longo da trajetória profissional de uma pessoa que já atua há muitos anos no setor de impacto social, mas nunca fez uma formação específica? 

Com a ajuda de algumas pessoas que integram a rede da Formação de Impacto Social (FIS) do Amani Institute Brasil, preparamos um compilado de conhecimentos que são úteis nesse caminho de gerar impacto social positivo. Nessa lista resumimos o que tem ajudado essas pessoas a gerar ações intencionais e efetivas onde quer que estejam promovendo impacto positivo.

  1. Conhecimento técnico – ter ferramentas ágeis que ajudem a otimizar o trabalho e criar soluções mais inovadoras para os problemas pode ser fundamental para lidar com o ambiente dinâmico do setor e sentir-se mais seguro para tomar decisões e gerir uma equipe. Pode ser difícil de imaginar, mas mudar o mundo se aprende! Então estudar e incorporar a postura de aprendiz constante pode te ajudar a se tornar um transformador social mais criativo e eficiente.
  2. Rede – tão importante quanto ter conhecimento técnico é contar com uma rede de apoio, suporte e troca. Especialmente se essas pessoas estiverem dispostas a criar um ambiente seguro e livre de julgamentos. Encontrar acolhimento afetuoso para se apoiar nos momentos difíceis e de celebração é chave para se manter resiliente! Uma rede aquecida também troca oportunidades e gera potência coletiva!
  3. Articular inquietações – Conhecer as motivações, a origem dos problemas que te afetam mais diretamente ajuda a canalizar e construir um caminho profissional que responda à inquietação. Dedicar um tempo para articular as ideias e inquietações e encontrar pessoas que te apóiam nesse caminho pode ser fundamental para de maneira mais eficiente.
  4. Transformar inquietações em força – A confiança para tocar um projeto, mudar de rumo na carreira, assumir mais responsabilidades vem com mais potência quando as inquietações são melhor articuladas, utilizando ferramentas e encontrando mentoria qualificada e apoio de rede. A noção do que há em si próprio também beneficia a forma como você trabalha coletivamente.
  5. Desenvolver habilidades socioemocionais para trabalhar em grupo – trabalhar conjuntamente de maneira colaborativa é saudável e essencial para a sustentabilidade de uma carreira no setor de impacto. Ter conhecimento sobre como construir diálogos saudáveis, co-liderar projetos, agir com base em valores e gerenciar sua energia e tempo pode fazer toda diferença para a qualidade do trabalho e da vida do indivíduo que o executa.

Como mencionamos anteriormente, esse conteúdo foi produzido com ajuda de algumas pessoas que integram a rede da Formação de Impacto Social (FIS). Mas afinal, o que é a FIS?

A FIS é uma formação experiencial, ou seja, quem participa aprende e põe em prática logo em seguida, sobre impacto social que garante o desenvolvimento do participante por meio de ferramentas e metodologias para criar impacto social prático e eficiente. A rede da FIS é composta atualmente por mais de 250 brasileiros vivendo nas 5 regiões do Brasil, nas periferias urbanas e rurais ou nos grandes centros urbanos e alguns expatriados. Independente se eles atuam em setores de impacto (ONGs, empresas 2.5 e projetos sociais), áreas de responsabilidade socioambiental ou grandes corporações. 

Se você tem interesse em desenvolver esses conhecimentos e fazer parte dessa rede, a FIS está com inscrições abertas e leitores do Portal Impacta Nordeste têm acesso a descontos especiais ao selecionar a opção “Portal Impacta Nordeste” no formulário. Para fazer a sua inscrição, clique aqui.

Saiba mais sobre o FIS do Instituto Amani

E se você está em dúvida, o Nino, participante da FIS 8 diz “Se alguém está perdidx por aí querendo conhecer o lugar onde tudo (que esteja alinhado a um mundo melhor) faz esquina, o Amani te aponta o lugar onde você pode fazer esquina em você mesmo!”, Nielson Fortunato (@ninofss).

Assine nossa neswletter