Como agregar valor a um produto da economia criativa?

9 de setembro de 2020

Por Impacta Nordeste


Traçar estratégias para atrair a atenção do público-alvo do seu negócio para captar mais clientes é um processo comum em qualquer tipo de empreendimento. Na rotina de um empreendedor da economia criativa, isso não é diferente.

Seja em tempos de estabilidade e especialmente em tempos de crise, é importante para qualquer empreendedor buscar maneiras de diferenciar seu produto ou serviço da concorrência.

Naturalmente, o empreendedor criativo conta com um ponto à seu favor: o valor social e propósito agregado ao seu trabalho. Geralmente um produto ou serviço deste setor contém significado e oferece novas experiências. Ou seja, o produto de um empreendedor criativo é de certa forma único.

Mas o que significa, na prática, agregar valor ao produto?

De forma resumida e dentro do escopo que vamos abordar nesse texto, é oferecer ao consumidor final a melhor experiência possível ao adquirir determinado bem ou serviço; em alguns casos, do ato da compra até o pós-venda.

Ao criar estratégias que valorizem o seu produto ou serviço, além de diferencia-lo perante a concorrência, seu potencial cliente terá sua necessidade suprida de tal forma que poderá virar fã de sua marca e recomenda-la para outras pessoas.

Isso pode ser feito de diferentes formas. Você pode proporcionar um benefício econômico oferecendo aos consumidores brindes, vantagens ou uma ótima relação custo-benefício; oferecer outros serviços que complementem aquele que sua empresa já oferece, adicionando um benefício funcional; ou até o posicionamento de sua marca, desde a comunicação visual até um possível alinhamento à uma determinada causa ou ideia, agregando valor psicológico.

O poder de decisão do consumidor depende destes e outros valores. Agregar valor ou seu produto ou serviço pode representar aumentar a sua receita. Portanto, use o bom senso e ofereça algo útil que esteja atrelado a proposta de valor de seu negócio.

Confira abaixo outros pontos relevantes que podem ajudar a agregar valor ao seu negócio na economia criativa! 

Fazer o básico bem feito

Pode parecer pouco, mas você já reparou o sentimento de satisfação quando você adquire um produto ou serviço e o processo é concretizado de maneira ágil, transparente, sem contratempos e de forma prazerosa? Perante um universo de produtos e serviços medianos, fazer o básico bem feito pode fazer toda a diferença! Isso vale para uma micro empresa ou uma multinacional.

Especialmente para micro e pequenas empresas, retornar contatos com agilidade, não atrasar, cumprir prazos e prestar todo o suporte necessário quando as coisas não saem como o esperado pode surpreender e fidelizar clientes. Pedir a opinião de seus clientes é outra forma simples de se diferenciar e aprimorar o seu produto ou serviço.

Inovação

Seja uma tecnologia, um aplicativo, uma ferramenta digital: é comum associar negócios inovadores à tecnologia, embora nem sempre seja assim. Há varias formas de inovar. Pode ser uma invenção que proporcione benefícios ao seu cliente que ele nem sabia que era possível, ou adaptar um produto ou serviço existente para atender novas demandas.

É importante estar atento às mudanças constantes no comportamento do consumidor para descobrir quais são seus desejos, hábitos e necessidades. Em momentos de crise, como a pandemia do coronavírus, isso é ainda mais importante.

Marca

A internet é o principal canal para quem deseja um espaço de grande alcance para apresentar suas ideias e soluções de forma direta. Não importa o tamanho de sua empresa, ter presença online é fundamental para o sucesso da esmagadora maioria das empresas atualmente.

Invista em uma linguagem fácil e atrativa com elementos que traduzam da melhor forma os valores da sua empresa. Ter uma comunicação visual atrativa pode ser um grande diferencial para o seu negócio. Uma simples logo bonita pode influenciar a decisão de compra de um potencial cliente.

Customização

A customização é uma das formas mais atraentes para agregar valor. Atender as expectativas do cliente de forma personalizada é um grande diferencial. Por isso é importante conhece-lo bem. A customização pode ser feita no atendimento, no processo de venda e pós-venda ou, dependendo de seu modelo de negócio, no próprio produto.

Preço

Para grande parte dos consumidores, o preço é um dos maiores fatores na hora de adquirir um bem ou serviço. Aqui, mais uma vez é preciso compreender bem o perfil de seu público alvo. Você pode vender pelo preço mais baixo, o melhor custo-benefício ou a melhor qualidade. O importante é que sua precificação esteja alinhada com o que o seu produto oferece.

O valor cobrado por seu produto será proporcional ao valor agregado que ele oferece. Por tanto, quanto mais valor agregado você oferecer maior será a propensão das pessoas pagarem um valor maior por ele. Conseguir agregar valor sem aumentar muito seus custos fixos poder ser a chave para impulsionar a sua empresa.

O Sebrae quer impulsionar os criativos do Nordeste e mostrar o que a região tem de bom! É o seu caso? Então participe do Mapeamento Sebrae de Economia Criativa do Nordeste e concorra a premiação em dinheiro, capacitação e conexão na rede de economia criativa do Sebrae.

A iniciativa, realizada pelo Sebrae em parceria com o Impacta Nordeste e busca e seleção Pipe.Social, vai mapear e fomentar negócios de capital intelectual e cultural na Região Nordeste. Acesse www.impactanordeste.com.br/economiacriativa e participe!