Inovação

Qintess e Vale do Dendê iniciam programa de inclusão na tecnologia focado na diversidade

3 mins de leitura

Iniciativa visa tornar o ecossistema de tecnologia mais diverso e vai intermediar o contato desses jovens com o mercado de trabalho

Começa nessa semana, a primeira turma do programa de inclusão profissional da Academia de Talentos da Qintess.  A iniciativa é fruto de uma parceria com a Vale do Dendê, centro de inovação para as periferias de Salvador. Os primeiros 80 alunos que vão participar da formação de desenvolvedores são em sua maioria (85%) afrodescendentes, mas a iniciativa também contempla mulheres, LGBTI+ e pessoas com deficiência, e tem o objetivo de fomentar a inclusão e a diversidade, estimulando a diversidade dentro do setor de tecnologia.

Os participantes terão três meses de formação, com mais de 300 horas de aprendizado técnico on-line, entre outras habilidades que incluem o empoderamento e desenvolvimento de carreira. Além disso, o treinamento oferece remuneração e benefícios em formato de bolsa-auxílio sendo que, ao final, apoiará a entrada deles no mercado de trabalho.

“Ganham os dois lados, pois o setor de tecnologia necessita de profissionais bem capacitados e estes jovens em situação de vulnerabilidade social carecem de formação e oportunidade para iniciar a carreira profissional”, analisa Lauro Chacon, Vice-Presidente de Marketing e Capital Humano da Qintess. O executivo revela ainda que a ideia da empresa é estimular a recolocação desses desenvolvedores no mercado, com o apoio dos clientes da provedora de soluções tecnológicas, nos estados de São Paulo, da Bahia e de Minas Gerais. Ao todo, a Qintess somas mais de 2.000 clientes no Brasil, Chile, Colômbia, Estados Unidos e EMEA.

Mais uma turma, desta vez com 40 jovens com ensino médio, deve iniciar um treinamento em meados de dezembro, para aprender como atuar em service desk –  profissional responsável por resolver as demandas cotidianas de tecnologia, como atendimento para a resolução de problemas técnicos e gerenciamento de crises dos clientes com rapidez e eficiência. “Esse cargo é uma porta de entrada para a área de tecnologia, com o poder de incluir ainda mais jovens no mercado, este em situação maior de vulnerabilidade”, conta Chacon.

Estagiários

A Academia de talentos já formou mais de 270 estagiários nas tecnologias mais usadas do mercado. Na Qintess, a taxa de retenção dos formandos pela iniciativa é de 85%, após o estágio. Todos os processos seletivos, tanto para estágio, quanto de profissionais, ocorrem por meio da parceria com instituições sérias como a Vale do Dendê, buscando encontrar e dar oportunidade para pessoas com perfil inovador e de alta performance, não visíveis ao mercado.

A Qintess persegue de forma incessante o objetivo de aumentar o acesso de afrodescendentes, mulheres, pessoas LGBTI+, e com deficiência na área de tecnologia. Seu objetivo é capacitar 2.000 profissionais periféricos em cinco anos, bem como acelerar 500 empresas com mentorias e oferecer acesso a 50 empresas a um fundo da Qintess de R$ 2,5 milhões como capital semente. Adepta ao modelo de adoção das melhores práticas de ESG (ou práticas Ambiental, Social e de Governança, em portugês), a Qintess possui múltiplas iniciativas para estimular a criação de um sólido ecossistema de inovação, com inventimentos votados à em inovação social no Brasil.

Sobre a Qintess

A Qintess é uma empresa líder em transformação digital, desenvolvendo capacidades digitais, design inovador e capacitação de TI para suportar os clientes na jornada em direção a um crescimento sustentável do negócio. As ações da empresa estão alinhadas com as melhores práticas de ESG.

Possui aproximadamente 3.200 funcionários e mais de 2.000 clientes, com operações no Brasil, Chile, Colômbia, Estados Unidos e EMEA. Entre seus principais clientes estão sete das dez principais instituições financeiras do mundo, oito das dez maiores empresas de serviços públicos do Brasil e duas das três maiores empresas de telecomunicações do país. Para saber mais, acesse: www.qintess.com 

Sobre a Vale do Dendê

A Vale do Dendê é uma organização social criada para fomentar ecossistemas de inovação e diversidade tendo como foco principal a cidade de Salvador, Bahia. Lançada em 2018, a Aceleradora Vale do Dendê iniciou um programa de aceleração que já apoiou 90 empresas diretamente. Além disso, a organização mantém um hub físico na Estação Nova Lapa onde passam 500 mil pessoas por dia.

O espaço oferece cursos, workshops e atividades de fomento à cultura empreendedora. A iniciativa foi criada pelo publicitário Paulo Rogério Nunes, o doutor em Administração Helio Santos, o jornalista Rosenildo Ferreira e a relações públicas Itala Herta. A organização já foi destaque em publicações nacionais e internacionais por conta do seu trabalho inovador em levar o tema do empreendedorismo e tecnologia para o público das periferias. Dentre as empresas que passaram pelo programa da Vale do Dendê estão cases como AfroSaúde, TrazFavela, Interakt, EcoCiclo e Aoca Game Lab. Saiba mais: www.valedodende.org

*Com informações da Qintess

Assine nossa neswletter