2º Fórum de Finanças Sociais do Nordeste debate negócios de impacto social na região.

21 de outubro de 2019

Nos dias 18 e 19 de outubro, foi realizado no SEBRAE de Campina Grande, na Paraíba, o 2º Fórum de Finanças Sociais do Nordeste. O evento que tem o propósito de fortalecer o ecossistema de negócios sociais do Nordeste, contou com a participação de diferente instituições e empresas que compõem o ecossistema nacional e regional de negócios de impacto, como o ICE, a Pipe.Social e o Sistema B. Sua programação foi construída de forma colaborativa com os atores do ecossistema nacional e regional.

Samir Hamra – Coordenador de programas no ICE

Samir Hamra, coordenador de programas no ICE – Instituto de Cidadania Empresarial, apresentou um panorama do ecossistema nacional e as ações desenvolvidas pela organização para fomentar os negócios de impacto. Destacou como desafios para o setor a: (1) ampliação da oferta de capital, (2) o aumento do número de negócios de impacto, (3) o fortalecimento das organizações intermediárias, e (4) a promoção de um Macro Ambiente favorável aos investimentos e negócios de impacto.

Márcio Waked, Pró-Reitor Administrativo Universidade Católica de Pernambuco e diretor executivo da Bio Fair Trade

Márcio Waked, Pró-Reitor Administrativo Universidade Católica de Pernambuco e diretor executivo da Bio Fair Trade, destacou a importância da união dos atores da região para fomentar os negócios de impacto. Ressaltou também as ações desenvolvidas pela Universidade Católica de Pernambuco na área de empreendedorismo social e a importância da produção acadêmica voltada para o setor.

Ponto destacado por diversos palestrantes, empreender socialmente não é tarefa simples, mas é importante ter constância no desenvolvimento das ações e sempre continuar criando. “Devagar e sempre”, foi o lema repetido pelos participantes.

A intenção é que o evento, promovido pelo Coletivo de Impacto do Nordeste (C.acto), formado por pessoas e instituições da região como César School, Universidade Católica de Pernambuco, CESMAC, Porto Digital, Bio Fair Trade, Malungo e Te orienta!, seja realizado em todos os estados nordestinos para promover conexões e fomentar o ecossistema de negócios sociais.