O Papel das Empresas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

28 de julho de 2020

Por Maiso Dias


Que as empresas existem para gerar lucros e comercializar produtos e serviços muitas pessoas já sabem, mas que elas podem contribuir também para uma Agenda global da ONU que incentive a erradicação da fome e da pobreza, a redução da desigualdade social, dentre outros e ainda, se diferenciar no mercado por estas iniciativas, isso ainda é desconhecido por muitas outras pessoas.

Em setembro de 2015, 193 Estados-membros da ONU acordaram tomar medidas transformadoras para construir o mundo mais sustentável e com oportunidades para todos. Trata-se dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), com 169 Metas e 241 Indicadores. Os ODS, como é mundialmente conhecido, definem as prioridades mundiais em prol do Desenvolvimento Sustentável, por meio da Agenda 2030 da ONU. Esta Agenda visa mobilizar os esforços universais ao redor de uma série comum de desafios e iniciativas em busca por um mundo melhor e menos desigual, considerando os limites do planeta.

As empresas são parceiras vitais no alcance dos ODS e podem ser protagonistas na Intersetorialidade (transversalidade entre os três setores – Organizações públicas – privadas e do Terceiro setor). Elas podem contribuir através das suas atividades principais, medindo seus impactos e estabelecendo metas alinhadas à estratégia da organização, com olhar para as externalidades e comunicando de forma transparente e consciente.

Considero 05 (cinco) importantes motivos que as empresas precisam adotar os ODS nos negócios, são eles:

1.      Identificação de oportunidades futuras, quando buscam alternativas inovadoras e inclusivas para solucionar problemas;

2.      Valorização da Sustentabilidade a partir do momento que os ODS são adotados na empresa automaticamente busca-se atuar nas três dimensões da sustentabilidade (social, econômica, ambiental);

3.      Fortalecimento das Relações com os Stakeholders, justamente por considerar que os ODS refletem as expectativas das partes interessadas das empresas e uma vez implementado, potencializa as relações com clientes, fornecedores, funcionários, comunidade e sociedade, gerando mais confiança e consequentemente mais negócios;

4.      Investimento em um ambiente propício aos negócios, entendendo-se que não existe empresa bem sucedida numa sociedade falida. Investir nos ODS sustenta os pilares do sucesso dos negócios;

5.      Utilização de uma comunicação simples e compartilhada, com as demandas sociais mais emergentes e prioritárias, necessitando de parceiros diversos e de uma comunicação mais efetiva, afim de tratarem dos objetivos globais.

Publicado por:
Maiso Dias

Sócio-diretor da Dialogus Consultoria, Diretor de Sustentabilidade da ABRH-CE, Comentarista do O Povo CBN do Programa “Sustentabilidade empresarial” e Coordenador de Pós-graduação em sustentabilidade empresarial pela Unichristus-CE.