CausasImpacta+Organizações

Conheça a história da Reforamar: reformas que transformam vidas

4 mins de leitura

A engenheira Fernanda Silmara cresceu em uma casa de taipa em Natal (RN). As condições precárias de sua residência afetaram diversos aspectos de sua vida. Tudo mudou quando ela conseguiu realizar uma pequena reforma que causou grandes transformações. Essa experiência a levou a criar a Reforamar e promover a mesma transformação na vida de outras pessoas.

Transformar vidas dando um lar às pessoas é o que deseja a Reforamar. A ONG nasceu em 2018 a partir de uma linda história de transformação de vida de sua fundadora, a Fernanda Silmara, através de uma reforma em sua casa.

Morando em uma casa de taipa, de tijolo branco e com goteiras, no bairro do Alecrim, em Natal, Fernanda conta que não se sentia confortável em sua própria casa. Não sentia o aconchego de um lar. Quando chovia o desconforto era maior. Por causa das goteiras, ela lembra que chegou a dormir várias vezes no chão. “Sempre tive vergonha da minha casa. Lembro que ainda pequena uma amiga de infância disse que minha casa fedia. Desde então não convidava mais minhas amigas para me visitarem”, conta. 

Fernanda Silmara, fundadora da Reforamar (Foto: Divulgação/Reforamar)

Sentindo o desconforto da sobrinha, foi aí que o tio, Erivan Roque, mais conhecido como Perôn, entrou em ação. Fernanda virou bolsista do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e com o dinheiro da bolsa, o tio perguntou se ela gostaria que ele fizesse uma reforma em sua casa. “Topei na hora. Era o meu sonho”. Com o dinheiro da bolsa de estudos, o tio comprou o material necessário e colocou a mão na massa. 

Fernanda lembra até hoje da sensação que sentiu quando entrou em casa pela primeira vez após a reforma.

“Pela primeira vez senti que ali era meu lar. O piso todo novinho, o telhado sem nenhuma goteira. Foi um sentimento inexplicável. Senti uma alegria enorme. Até a minha autoestima melhorou. Hoje não sinto mais vergonha da minha casa”.  

Foi com essa sensação que ela sentiu que precisava multiplicar essa ação para que outras pessoas também tivessem sua vida transformada com um novo lar. “Eu sabia que precisava multiplicar aquilo porque havia mais pessoas na mesma situação que a minha e até pior”. 

Fernanda foi cursar engenharia civil e encontrou parceiros que também compartilhavam do mesmo sentimento que ela e tinham a vontade de transformar a vida de outras pessoas. A primeira reforma aconteceu em junho de 2018 só com ela e mais quatro amigos que toparam participar da empreitada.  “Lembro que na época falei com muitos amigos e professores, e ouvi muitos nãos. Muitas pessoas disseram que não daria certo. Mas eu não desisti”. E assim nasceu a Reforamar. 

Reformando lares, transformando vidas

Hoje a Reforamar tem sede própria e conta 300 voluntários, destes, 80 são engenheiros e arquitetos, o restante são pessoas de diversas outras áreas. Para ser voluntário da Reforamar não precisa ser da área de construção civil, porque tudo que precisa ser feito nas reformas eles ensinam na hora de colocar a mão na massa. 

A ONG tem a missão de atender famílias socialmente vulneráveis e instituições prestadoras de serviços à sociedade, realizando reformas para entregar um ambiente digno e seguro, mediante planejamento, envolvimento e doações de colaboradores, voluntários e parceiros. 

As casas são selecionadas através de indicação por meio das redes sociais. As pessoas preenchem um formulário, contam um pouco da história do dono daquele imóvel e enviam fotos.  A ONG faz uma análise das indicações e marca uma visita técnica no imóvel. “Gostamos muito de ouvir as histórias das pessoas, de saber o porquê dela se encontrar ali naquela situação”. 

Confira a entrega da 7ª reforma da Reforamar. (Fonte: Youtube/Reforamar).

Até hoje a ONG vive de doações e todas essas doações vêm através do perfil deles no Instagram. Quando uma casa é selecionada, eles filmam o imóvel, contam a história daquela família, dizem como será a reforma, apresentam o projeto e divulgam nas redes sociais. “Todas as nossas doações vem dos nossos seguidores. São pessoas físicas que se sensibilizam com as histórias que contamos e nos ajudam na realização daquele projeto”.

Já foram realizadas 12 reformas e mais de 3 mil pessoas já foram impactados pelos projetos desenvolvidos pela Reforamar. “Incluo os voluntários nos impactados porque já recebi vários depoimentos deles dizendo que também sentem suas vidas transformadas. A iniciativa também tem um impacto na vida de quem ajuda e não só na de quem recebe”, diz.

Dentre os planos da Reforamar para o futuro está a de expandir as ações para toda a região Nordeste e depois Brasil e com isso levar o sonho de um lar para outras centenas de famílias. Recentemente a Reforamar se formalizou como Associação Sem Fins Lucrativos e estão em busca de novas parcerias para proporcionar essa transformação para cada vez mais pessoas.

Para conhecer os projetos, as histórias das famílias, novas ações e também para fazer doações ou indicar alguma casa para reforma, visite o perfil da Reforamar no Instagram e ajude outras famílias a terem suas vidas transformadas.

Assine nossa neswletter