DiversidadeEconomia CriativaONGsOportunidades

Fundo Casa lança Chamada de Apoio às iniciativas culturais dos povos indígenas na Amazônia

2 mins de leitura

Chamada do Fundo Casa em parceria com o ISPN vai apoiar 16 projetos culturais de associações indígenas comunitárias situadas na Amazônia Legal com o valor de até R$ 25.000,00.

*Com informações do Fundo Casa Socioambiental

O Fundo Casa Socioambiental, em parceria com o Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), lançou no último dia 21 de dezembro a Chamada de apoio a projetos para o fomento das culturas indígenas para organizações localizadas na Amazônia Brasileira.

A chamada tem por base o reconhecimento da importância das culturas dos povos indígenas e de seus modos de vida para a diversidade cultural e de conhecimentos do país e do mundo. O fortalecimento desses povos e de seus conhecimentos tradicionais é fundamental para a proteção da diversidade étnica do país, principalmente na conjuntura atual de pressões de toda ordem sobre os povos indígenas.

O edital tem o objetivo de contribuir para o fomento das culturas indígenas por meio do apoio a projetos de organizações indígenas comunitárias da Amazônia Legal, voltados para a promoção, valorização, resgate, registro, difusão e transmissão das culturas indígenas. A área denominada Amazônia Legal abrange os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do estado do Maranhão.

Serão apoiados até 16 projetos com valor máximo de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais). Para ajudar na identificação dos temas dos projetos e na organização dos financiamentos, foram definidas linhas temáticas de apoio. O projeto deverá estar relacionado com, no mínimo, uma das linhas temáticas para poder concorrer ao edital. Não há limitação em relação ao número de linhas temáticas que o projeto possa envolver. Confira as linha temáticas:

  • Histórias, mitos e outras narrativas orais;
  • Línguas Indígenas;
  • Conhecimentos de cura e saúde (medicina tradicional);
  • Objetos materiais que expressam a arte indígena, para uso e para o comércio (objetos de arte e artesanato): tecelagem, cerâmica, cestaria, escultura, adornos, objetos de uso cotidiano;
  • Cantos, danças, músicas;
  • Culinária;
  • Pintura corporal, desenhos, grafismos e outras formas de expressão simbólica;
  • Jogos, competições e brincadeiras indígenas;
  • Rituais e festas tradicionais,
  • Registro e divulgação da cultura para a comunidade e para o mundo: audiovisual, publicações, gravações de áudio, projetos voltados para divulgação na internet ou outros meios eletrônicos;
  • Modos de saber e fazer e processos tradicionais de aprendizagem: projetos de transmissão de conhecimentos;
  • Outras formas de expressões culturais não listadas acima.

Podem participar associações indígenas comunitárias, sem fins lucrativos, devidamente constituídas, ativas, formadas por indígenas de um ou mais povos, representativas de comunidades situadas na Amazônia Brasileira.

As inscrições vão de 21 de dezembro de 2021 a 28 de fevereiro de 2022. Para inscrever o seu projeto, basta acessar o site oficial da chamada, baixar o formulário de inscrição e a planilha de custos e enviar para o endereço de e-mail indicado no site.

Assine nossa neswletter