Oportunidades

Instituto BRF busca projetos esportivos com inclusão social

2 mins de leitura

O esporte é reconhecidamente uma ferramenta importante para a inclusão social. Além de fortalecer a saúde, a prática esportiva cria laços afetivos, ensina a vencer e perder, a trabalhar em equipe, e muitas outras habilidades psicossociais fundamentais para o desenvolvimento humano. Como um mercado, o esporte movimenta cifras bilionárias e é um caminho profissional para milhões de pessoas. Diversas organizações utilizam o esporte como um meio para reduzir a vulnerabilidade social de jovens, afasta-los do caminho da violência e oferecer uma perspectiva de carreira.

Para ajudar essas organizações, o Instituto BRF lançou o Edital Vida Melhor com Esporte IBRF 2021. O foco do edital é fortalecer o pilar “Esporte e Inclusão” apoiando projetos esportivos voltados a populações em situação de vulnerabilidade social e que tenham comprovado impacto social

Podem se inscrever projetos já aprovados nas Leis Estaduais de Incentivo ao Esporte de Minas Gerais, Pernambuco e São Paulo, ou aqueles projetos já aprovados ou a serem aprovados na Lei Estadual de Incentivo ao Esporte do Estado do Rio de Janeiro.

Os projetos precisam estar alinhados a uma das 4 categorias de patrocínio:

Inclusão Social: projetos voltados ao público em situação de vulnerabilidade social e econômica, que tenham como objetivo a participação e inclusão social de seus participantes, de modo a superar a discriminação e as barreiras socioeconômicas, e ampliar as oportunidades de acesso, de educação e de participação social;

• Esporte e Educação: projetos de iniciação esportiva para crianças e adolescentes em idade escolar, cujas atividades são ofertadas no contraturno como complemento à grade curricular, executados tanto em escolas públicas, como em Organizações da Sociedade Civil ou outros espaços públicos, e que trabalhem com o conceito de Educação Integral;

• Desenvolvimento Integral: projetos que façam uso do esporte como ferramenta para o desenvolvimento integral dos beneficiados. Serão considerados projetos de iniciação esportiva executados em quaisquer espaços, voltados a qualquer público em situação de vulnerabilidade, desde que trabalhem de forma integral as capacidades física, mental, emocional e social;

• Formação e Capacitação de Educadores: projetos cujas principais atividades estão voltadas à qualificação da equipe envolvida em projetos sócio-esportivos e professores de educação física da rede pública de ensino, visando promover a educação integral dos beneficiados.

As inscrições vão até o dia 4 de dezembro. Para ler o edital completo e realizar a sua inscrição, clique aqui.

Foto: José Pablo Domínguez

Assine nossa neswletter