O que é Teoria da Mudança?

7 de fevereiro de 2020

Por Impacta Nordeste


Ao iniciar algum negócio de impacto social ou projeto, o empreendedor ou gestor precisa pensar em como essa jornada será cumprida, quais serão as estratégias, recursos, atividades e objetivos para que seu projeto se concretize e cause o impacto social desejado.

Para auxiliar esse processo, existem diversas ferramentas e metodologias. Entre elas, a Teoria da Mudança tem ganhado destaque no mundo dos negócios de impacto e projetos sociais, ajudando empreendedores e gestores a estruturar com maior clareza a cadeia de valores de impacto de forma simples e de fácil compreensão.

A metodologia permite desenhar todo o processo, de forma que o empreendedor consiga analisar como o trabalho está sendo desenvolvido, se os pressupostos iniciais do negócio ou projeto estão condizentes com o objetivo geral, além de abrir margem para o surgimento de novas questões e ideias que podem agregar àquele projeto.

No artigo de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o que é a Teoria da Mudança e como o tema é difundido no campo dos negócios de impacto sociais.

O que é a Teoria da Mudança?

A metodologia surgiu nos encontros chamados “Roundtable on Community Change” promovidos pelo Aspen Institute nos anos 1990, a partir do trabalho elaborado por Carol Weiss, que já trabalhava no conceito desde a década de 1980.

Segundo o guia produzido pelo Aspen Institute, a teoria da mudança é definida como “a tese que articula a cadeia lógica de uma intervenção, concatenando os resultados de longo prazo, os caminhos para alcança-los, as relações causais existentes, os resultados intermediários, bem como as premissas ou condicionantes anteparam a viabilidade daquilo que se espera”.

Está ferramenta permite que o empreendedor consegua entender, explicitar e articular de melhor forma os resultados de médio e longo prazo gerados por uma intervenção em uma realidade social, ao mesmo tempo em que permite identificar as metas de curto prazo a serem atingida para que esse objetivo se concretize.

É um meio bastante indicado para projetos colaborativos pois ajuda a articular e organizar de forma coletiva as ideias e mudanças necessárias que podem potencializar aquele projeto, levando em consideração as condições e o tempo disponível para seu desenvolvimento.

Como aplicar a teoria da mudança nos negócios de impacto social?

Sabemos que os negócios de impacto social buscam reunir impacto social positivo com a geração de lucro. Disciplina, atenção e, acima de tudo, uma grande força de vontade para transformar são somente alguns dos elementos importantes que qualquer empreendedor social precisa ter em mente durante sua jornada.

O caminho para se obter exito nesse objetivo não é dos mais fáceis. Entre tantos desafios, é muito comum que o empreendedor de negócios de impacto acabe dando maior foco no parte do negócio, e uma entregando uma proposta pouco consistente de impacto social. Estabelecer mecanismos de avaliação para verificar se o negócio gerou, de fato, mudanças entre os que acessaram os produtos ou serviços ofertados é fundamental.

Nesse contexto, investidores tem demandado que os negócios de impacto e seus empreendedores apresentem uma boa teoria de mudança social do negócio. Sabemos que esse empreendimentos, em sua grande maioria, operam em um contexto de enormes desafios, com diversas restrições. Por isso, vamos lhe ajudar a como aplicar a teoria da mudança em seu negócios ou projeto.

Para começar tenha em mente as seguintes questões para construir a Teoria da Mudança em seu negócio ou projeto:

  1. Qual a visão de longo prazo do negócio ou organização?
  2. Quais são os resultados que pretendemos alcançar?
  3. Quais os indicadores essenciais que informam sobre cada mudança que se pretende gerar?
  4. Quais são as condicionantes para que estes resultados se realizem?
  5. Quais as estratégias centrais que o negócio/organização vai realizar para alcançar os resultados de longo prazo? Qual o público de cada estratégia?
  6. Quais são as principais atividades?
  7. Qual a relação entre as estratégias e os resultados? Como elas se influenciam?
  8. Quais são os principais produtos que serão gerados?
  9. Que relações existem entre uma estratégia e outra?

Existem diferentes formatos para se aplicar a Teoria da Mudança. Muitos estão disponíveis através de pesquisas na internet. Recomendamos a seguinte estrutura por sua fácil aplicabilidade e compreensão visual. Como exemplo, confira a Teoria da Mudança aplicada ao Fundo BIS, uma iniciativa que tem a missão de promover a cultura e a prática da doação no Brasil.

Se você é empreendedor social, que tal aplicar a Teoria da Mudança no seu negócio? Acha que essa estratégia eficiente? Deixe sua opinião nos comentários.

Gostou do nosso site? Siga o Impacta Nordeste, assine a nossa newsletter e compartilhe com os amigos!