CausasOrganizaçõesResponsabilidade Social

Quer ajudar e não sabe como? Confira como empresas e pessoas podem fortalecer a cultura de doação

6 mins de leitura

Tentando fazer da doação uma prática mais frequente e mais consciente dentro da sociedade, surgem movimentos e soluções que buscam incentivar essa causa de forma inovadora. Diversas plataformas online foram desenvolvidas para facilitar e fazer a ligação entre quem está precisando de ajuda e quem quer doar.

No último dia 19 de julho, foi comemorado no Brasil o Dia da Caridade. A data foi oficializada por meio da Lei nº 5.063, de 1966, e tem como objetivo conscientizar a população sobre a prática da solidariedade.

A necessidade de doar e ser solidário com o outro aumentou muito com a pandemia da Covid-19, que assola o mundo desde o ano passado e deixou milhares de pessoas passando em situação de extrema vulnerabilidade e miséria. Um recente relatório divulgado pela Organização Mundial das Nações Unidas (ONU), afirma que houve um agravamento dramático da fome mundial em 2020, muito provavelmente relacionado às consequências da Covid-19. O documento informa que embora o impacto da pandemia ainda não tenha sido totalmente mapeado, dados de várias agências estimam que cerca de um décimo da população global – até 811 milhões de pessoas – enfrentaram a fome no ano passado. 

A falta de alimentos e o aumento da extrema pobreza se tornaram realidade para 19 milhões de brasileiros que passaram fome nos últimos meses de 2020, é o que indica o Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, realizado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan). A pesquisa revela que 55,2% dos lares brasileiros, ou seja, 116,8 milhões de pessoas conviveram com algum grau de insegurança alimentar no final de 2020 e 9% deles vivenciaram insegurança alimentar grave, isto é, passaram fome. Um crescimento de quase 20% de domicílios nessa situação comparado aos dados de 2018. Subindo de 36,7% para 55,2%.

É nesse contexto, enxergando a dor do outro, que milhares de pessoas se mobilizaram, da forma que podiam, de forma individual ou em grupo, para tentar amenizar o sofrimento de outras pessoas. Desde grandes empresas que realizaram diversas ações para incentivar ou facilitar doações aos mais vulneráveis, até pessoas físicas, que doavam o que podiam, dentro das suas possibilidades.

Tentando fazer da doação uma prática mais frequente e mais consciente dentro da sociedade surgem movimentos e soluções que buscam incentivar essa causa. Criado em 2012, o Movimento por uma Cultura de Doação é formado por pessoas físicas e jurídicas que se organizaram voluntariamente para  promover e disseminar o ato da doação no Brasil. O movimento acredita que, para que o país consiga desenvolver plenamente seus potenciais, é necessário trabalhar junto, cultivando o ato da doação e o engajamento de toda a sociedade em causas e projetos de transformação social e ambiental, geridos e executados por organizações da sociedade civil. 

Dia de Doar e o Fundo BIS são iniciativas desenvolvidas pelo Movimento uma Cultura de Doação, que financia  soluções para a expansão dos donativos no Brasil. O Dia de Doar promove a cultura de doação, conectando pessoas a causas sociais e ambientais importantes para suas comunidades e para o país. ​A ação mobiliza pessoas, famílias, escolas e empresas para o ato de contribuir. 

Já o Fundo BIS surgiu para apoiar, com recursos financeiros, a implementação e o desenvolvimento de soluções que ajudem a criar um ambiente favorável à cultura e à prática da doação no país, levando mais e mais pessoas a contribuírem para causas sociais, ambientais, científicas e culturais de finalidade pública, incluindo negócios de impacto.

Dentro da mesma temática, o Movimento Bem Maior, fundado em 2018, atua identificando, conectando e viabilizando importantes iniciativas de impacto social com o objetivo de fortalecer o ecossistema filantrópico no Brasil. O Movimento faz a ligação entre as pessoas que querem doar e aquelas que fazem trabalho social, mas que precisam de ajuda para concretizar seus projetos. 

O Movimento Bem Maior foi criado por um grupo de empresários com o propósito de fomentar a filantropia no Brasil. Através de uma ampla pesquisa, o grupo identifica, apoia e dá visibilidade a causas e organizações sociais, de diversos setores, espalhadas por todo o país. É um trabalho que tem como objetivo fortalecer cada vez mais o terceiro setor. 

Para incentivar a solidariedade e a empatia entre as pessoas, a tecnologia vem se tornando uma aliada. Diversas plataformas online foram desenvolvidas para facilitar e fazer a ligação entre quem está precisando de ajuda e quem quer doar para organizações não governamentais ou para pessoas que estão passando fome. 

Confira uma lista de plataformas que podem ajudar a fazer doações e praticar a solidariedade. São soluções direcionadas tanto para o público em geral, quanto para empresas. Algumas dessas plataformas reforçaram suas ações durante a pandemia e direcionaram suas iniciativas para diminuir o impacto sócio-econômico da pandemia na população. Essas recomendações são apenas algumas opções. Se você conhece o trabalho de outras organizações, não deixe de contribuir. O importante é ajudar!

BSocial

A BSocial é uma plataforma que colabora com a economia social viabilizando doações para organizações da sociedade civil. Tem como visão consolidar a cultura de doação, facilitando a qualquer pessoa, em qualquer lugar, o acesso e o encaminhamento de recursos a iniciativas confiáveis, que produzam impacto positivo em suas áreas de atuação.

Para doar através da plataforma é bastante simples. O interessado realiza o seu cadastro no site da BSocial, escolhe dentre as opções, a organização que será beneficiada com a doação, define o valor que será doado e a periodicidade da doação, se será uma única doação ou mensal. 

Doare

A Doare também é uma plataforma que abriga diversas instituições filantrópicas e facilita, dessa forma, a cultura da doação. Através de tecnologia, a Doare acredita que é possível potencializar encontros e relações comerciais que geram transformações importantes para os indivíduos e a sociedade.

A plataforma entende que as organizações filantrópicas precisam se concentrar para gerar impacto por meio de ações sociais e não podem se preocupar com tecnologia de captação de recursos. É por isso que eles fornecem tecnologia a baixo custo e oferecem todo o suporte necessário para gerar ainda mais impacto. 

Benfeitoria

A Benfeitoria é uma plataforma de mobilização de recursos para projetos de impacto cultural, social, econômico e ambiental. Criada em 2011, com o financiamento coletivo, hoje a plataforma já soma mais de 302 mil benfeitores, mais de 6.400 projetos apoiados e mais de 79 milhões de reais arrecadados.

Através do site da Benfeitoria é possível cadastrar o projeto que será objeto do financiamento coletivo e iniciar uma campanha do zero. A plataforma disponibiliza três planos: pontual, para projetos com início, meio e fim; flex, para projetos sobre causas emergenciais e o recorrente, para projetos contínuos que precisam de uma sustentabilidade financeira. 

Abrace uma Causa

A Abrace uma Causa conecta empresas e pessoas com instituições sociais para captação de recursos. Através da plataforma é possível impulsionar as iniciativas de responsabilidade social corporativa através de campanha contínua de doação recorrente, com a possibilidade de doar pelo desconto na folha de pagamento, também é possível a contribuição através do imposto de renda pessoa física de forma 100% digital e segura. O interessado pode destinar até 6% do seu imposto de renda devido para projetos sociais e ter a sua restituição integral na declaração do imposto. 

A plataforma também oferece serviços que começam desde o planejamento e seleção das causas e ONGs, desenvolvimento da campanha de doação, atendimento até a prestação de contas. Dentre os serviços oferecidos para as ONGs está à possibilidade de otimização da captação de recursos financeiros através da plataforma digital. 

Movimento Arredondar

O objetivo do Arredondar é tornar a doação fácil, acessível e transparente. O movimento é uma ONG que apoia outras ONGs coletando microdoações e inspirando solidariedade. 

Fundada em 2011, foi a primeira iniciativa de microdoação realizada no Brasil. Por meio de parcerias com varejistas, eles promovem novos canais de doação para pessoas físicas convidando consumidores a fazer contribuições com os centavos do troco para apoiar causas.

A ONG conecta pessoas e marcas a organizações certificadas e que estão transformando o Brasil com soluções inovadoras para problemas locais, propondo políticas públicas e combatendo as desigualdades.

Assine nossa neswletter