Você sabe em qual estágio está o seu negócio? Conheça a jornada empreendedora

27 de março de 2020

Por Impacta Nordeste


Entre ter uma ótima ideia de negócio, tirar ela do papel e começar a ganhar dinheiro, ha um longo caminho a ser percorrido. Nem sempre esse caminho é linear. No meio do processo, independente do tipo de negócio, é bastante comum que o empreendedor fique com muitas dúvidas sobre quais passos deve seguir e até mesmo saber em que fase está.

Mas por que é tão importante identificar em qual fase da jornada o seu negócio de impacto está inserido?

A resposta é muito simples: este processo facilita e muito na hora de elaborar as melhores estratégias que podem impulsionar seu negócio no mercado e definir o caminho que deseja seguir, além de, é claro, ser um meio eficiente para atrair novos investidores. Do ponto de vista do investidor, é muito importante entender o estágio de desenvolvimento de um negócio para realizar ou não um investimento.

Para ajudar nisso, existem diversas formas de medir a evolução de um negócio. A Pipe.Social junto com outras organizações do setor, desenvolveu uma jornada baseada em uma leitura da curva de amadurecimento dos negócios que é adotada por diversas organizações de impacto no Brasil.

A jornada é dividida em nove etapas. São elas:

  • Ideia
  • Validação
  • Protótipo
  • Piloto
  • PMV (MVP, em inglês)
  • Organização
  • Tração
  • Pré-escala
  • Escala

Ideia

De forma geral, é o tipo de iniciativa que se deseja criar a partir de uma problemática identificada no contexto socioambiental (saúde, educação, meio ambiente, entre outros). Essa ideia pode surgir através das observações do próprio empreendedor ao analisar o mercado e perceber que falta alguma iniciativa semelhante que pode resolver determinado problema, como por exemplo, uma plataforma online de cursos profissionalizantes para mulheres que vivem em situação de vulnerabilidade. E para sustentar esta ideia, o empreendedor pode iniciar pesquisas sobre o tema e ir em busca de possíveis investidores que se interessem pela iniciativa proposta.

Validação da ideia

A próxima etapa é encontrar o público que se deseja atingir com a iniciativa. Para isso, o empreendedor pode analisar em conjunto com seus stakeholders, mentores e profissionais da área de interesse do projeto para identificar os possíveis clientes e entender se a sua iniciativa faz sentido e se ajudaria a solucionar o problema que fora identificado na ideia inicial. Caso o resultado seja positivo, é hora de começar a executá-la.

Protótipo

Com todos os dados e informações adquiridos sobre o projeto, surge o “embrião” do negócio de impacto. Durante a execução da iniciativa, são observados o modo como ela está funcionando, o tipo de impacto que é causado na vida dos clientes e se o propósito está sendo cumprido. A partir dos resultados obtidos dessa primeira experiência, o projeto poderá passar por alguns ajustes de forma que o deixe cada vez mais alinhado com o objetivo inicial.

Piloto

Agora que o projeto já está estruturado após as alterações mencionadas, chegou o momento de apresentá-lo para o mundo. Nessa etapa, a ideia é semelhante ao que foi feito na fase anterior, mostrar o projeto e ver o comportamento dos potenciais clientes. No entanto, a “venda” do produto ainda não é, de fato, iniciada, mas, sim, uma espécie de teste mais controlado, pois terá a participação ativa do empreendedor durante a experiência de um grupo de clientes atendidos para saber se a ideia irá se sustentar no futuro.

Produto Mínimo Viável (MVP, em inglês)

Depois que o produto ou iniciativa foi testada e aprovadas pelos possíveis consumidores, a etapa do Produto Mínimo Viável chega para ajudar o empreendedor a validar o seu modelo de negócio no mercado, ou seja, se existem clientes interessados em pagar pelo preço indicado e se o custo-benefício é satisfatório.

Organização

Com a solução já a venda no mercado, é chegado o momento de estruturar a gestão e os procedimentos internos da empresa. Este processo é fundamental para dar maturidade ao negócio e ajudá-lo no crescimento frente ao mercado, além de facilitar a mensuração com mais afinco os indicadores de qualidade e de impacto que lhe são atribuídos.

Tração

Depois de estruturada a empresa (do ponto de vista profissional e financeiro), e a sua ideia sendo comercializada e atingindo bons resultados, o momento de Tração é quando o empreendedor já compreendeu qual é o seu lugar no mercado e agora atua com mais afinco.

Pré-escala

A etapa da pré-escala indica que o empreendedor precisa estabelecer um planejamento para que o ritmo de crescimento positivo da empresa continue. Para isso, é importante avaliar quais são as necessidades de estrutura e investimento que o negócio exige para que as próximas etapas sejam cumpridas com segurança.

Escala

E finalmente chegamos a fase final da jornada do negócio! Depois do longo caminho percorrido pelo empreendedor, agora é a hora de colher os frutos da atuação da empresa no mercado e tornar-se referência para outros empreendedores que desejam ingressar no mundo dos negócios de impacto.

Vale lembrar que a jornada pode acontecer de forma não-linear, portanto, se você é empreendedor, esteja ciente de que você pode passar pela mesma etapa mais de uma vez.

Após a leitura, você conseguiu identificar em qual fase seu negócio se encontra? Então esse recado é para você!

O portal Impacta Nordeste acaba de lançar a 1° Chamada Impacta Nordeste de Negócios Socioambientais, que vai selecionar e premiar negócios de impacto social do Nordeste! Valem iniciativas, em todas as fases de desenvolvimento, estabelecidas em um dos estados do Nordeste e que se dediquem a um ou mais dos seguintes desafios: Um mundo justo, seguro e sem pobreza; Saúde e bem-estar; Educação, habilidades e trabalho; Meio ambiente e Sustentabilidade.

Além da visibilidade no ecossistema de empreendedorismo e inovação, os negócios inscritos concorrerão ao Prêmio Impacta Nordeste que vai dar 3 mil reais ao ganhador de cada uma das quatro categorias e rodada de speed dating (quando os empreendedores poderão apresentar suas soluções e se conectar com potenciais investidores) para os negócio em estágio de escala e pré-escala.

A 1ª Chamada Impacta Nordeste de Negócios Socioambientais é realizada pela plataforma Impacta Nordeste com apoio do Instituto Sabin e Sebrae RN, parceria da NESst e In3citi, busca e seleção pela Pipe.Social.

As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 10 de maio. Para se inscrever e obter mais informações sobre a chamada, acesse o link e participe!

Gostou do nosso site? Siga o Impacta Nordeste, assine a nossa newsletter e compartilhe com os amigos!