InovaçãoNegócios

6 negócios de impacto do Nordeste que estão inovando na educação

4 mins de leitura

Dia 28 de abril é o Dia Mundial da Educação, data instituída no ano 2000 durante a realização do Fórum Mundial de Educação no Dakar, Senegal, e simboliza o compromisso de 164 nações, incluindo o Brasil, com o desenvolvimento da educação até 2030.

Apesar de alguns avanços na última década, o Brasil ainda enfrenta grandes desafios na área da educação. Os dados de monitoramento do Plano Nacional de Educação (PNE) demonstram uma realidade desalentadora: 16 das 20 metas encontram-se estagnadas e a meta referente à educação integral não apenas está estagnada como retrocedeu. A aprovação do Fundeb em 2020 representou um avanço, mas a falta de investimento e o desmonte de políticas públicas fundamentais, não nos permite enxergar um horizonte promissor.

Com a pandemia, novos desafios se somam aos já existentes. Por exemplo, apenas 32% de escolas brasileiras contam com esgoto e 54% com água tratada, segundo dados apresentados por Priscila Cruz, presidente da organização Todos Pela Educação, em evento promovido pela Academia Brasileira de Ciências. A falta de infraestrutura é um dos fatores de risco para a volta às atividades presenciais da educação no Brasil.

Alguns exemplos de sucesso de estados e municípios demonstram que é possível oferecer educação de qualidade para todos. O caso da cidade de Sobral, no Ceará, é sempre lembrado pela rápida evolução dos indicadores de qualidade no ensino fundamental e inovação na gestão educacional.

Acreditamos que a escola pública, gratuita e de qualidade é fundamental para o desenvolvimento de qualquer sociedade. Entendemos que diversos atores da sociedade devem se unir e se complementar para atingir esse objetivo. Nesse sentido, as organizações sociais, o investimento de impacto e empreendedores sociais tem um importante papel a cumprir no desenvolvimento de soluções que contribuam para oferecer uma educação de qualidade.

Separamos alguns exemplos de negócios de impacto do Nordeste que estão ajudando nessa missão. Essas iniciativas inovadoras contribuem de diferentes formas para melhorar qualidade do ensino. Confira!

Instituto MEMAKERS

O MEMAKER é um projeto de apoio ao desenvolvimento do adolescente. Fazem isso por meio da expressão criativa e robótica.

Com origem em Pernambuco, sua metodologia é voltada para despertar nos jovens o interesse na tecnologia e na arte, contribuindo no seu desenvolvimento e na mudança da sua trajetória de vida, estimulando-os a fazer intervenções em seu entorno e na construção de projetos que tenham impacto social.

Mídias Educativas

Pesquisa e inovação são o que move a Mídias Educativas. A empresa pernambucana cria caminhos para melhorar os processos de ensino-aprendizagem oferecendo soluções digitais que fortalecem vínculos, encurtam distâncias e melhoram o desempenho do aluno.

Ancorada no Porto Digital, a empresa nasceu em 2008, dentro da UFPE como projeto de pesquisa, tendo em seu DNA a pesquisa e inovação. Trabalha com educação básica (pública e privada), educação corporativa e técnica, cursos preparatórios e ensino superior.

Nouhau

Com o mercado de trabalho se tornando cada vez mais dinâmico, as empresas têm buscado profissionais que tenham a capacidade de contornar situações com sabedoria, agilidade e flexibilidade. Esse tipo de conhecimento nem sempre (quase nunca?) é ensinado na escola tradicional.

E é nesse contexto que a Nouhau, empresa que nasceu no Maranhão, se propõe a desenvolver e conectar jovens profissionais com as habilidades mais requisitadas pelo mercado de trabalho. Essas habilidades, conhecidas como soft skills (ou competências socioemocionais), estão diretamente ligadas ao comportamento humano. Exigem autoconhecimento e vivências que vão além das aprendidas dentro das empresas e/ou formação técnica.

A Nouhau é um curso com programas de desenvolvimento que utiliza metodologias inovadoras e jogos estratégicos, mapeia o perfil socioemocional e se conecta com quem compartilha os mesmos propósitos.

Robótica Sustentável

Criatividade e inovação com materiais recicláveis que iriam para o lixo é o que propõe a Robótica Sustentável. Esse projeto educativo cearense ensina crianças a reutilizarem material reciclável que iria para o lixo na produção de robôs.

O projeto utiliza uma metodologia criada através da Robótica Educacional e a Robótica Livre, com a inclusão da Educação Ambiental (reutilização, reciclagem e ressignificação de materiais reciclados e eletrônicos).

A Robótica Sustentável está baseada em três pilares: educação, sustentabilidade e inclusão social. Ao mesmo tempo em que prezam pelo uso de materiais recicláveis na composição dos objetos, desenvolvendo a consciência ambiental e ecológica dos estudantes, não abrem mão da produção de baixo custo, fazendo com que o acesso à tecnologia seja possível a todos.

Social Brasilis

O difícil acesso à tecnologia e a falta de qualificação das pessoas, principalmente fora dos grandes centros urbanos, inspiraram a criação da Social Brasilis.

O negócio social cearense desenvolve programas educacionais e corporativos mediados por plataformas virtuais de aprendizagem. Eles têm como objetivo desenvolver habilidades 4.0 e competências digitais em pessoas e as preparam para o futuro das coisas e para a nova economia.

O negócio desenvolve programas educacionais gamificados utilizando plataformas virtuais de aprendizagem que possibilitam ao participante um aprendizado interativo, baseado em desafios reais da comunidade, escola, cidade, estimulando a criação, a invenção científica, tecnológica e de impacto, projetos sociais ou novos negócios nas instituições que recebem seus programas.

Trilha Criativa

Do Rio Grande do Norte, a Trilha Criativa é um negócio social focado em desenvolver materiais lúdicos sobre empreendedorismo para crianças. Através dos jogos e metodologias personalizadas é possível viver uma imersão no universo empreendedor, fazendo com que compartilhar ideias e talentos seja fácil e divertido, reconstruindo a confiança criativa e trabalhando uma aprendizagem com significado.

Tendo como propósito: aprender, ensinar e compartilhar; a Trilha Criativa atua com 8 temáticas, são elas: inteligência emocional, empatia, mindset, trabalho em equipe, liderança, storytelling, gestão de tempo e resiliência. Essas temáticas são aplicadas em 4 etapas: sensibilização, desenvolvimento, construção e plano de ação.

Se você não viu…

Outros negócios de impacto nordestinos de destaque voltados para a educação que já mencionamos aqui no Impacta Nordeste são: a AgendaEdu, que oferece um aplicativo de gestão escolar e foi adquirida pela Eleva Educação; e a Prol Educa, startup de impacto social de Pernambuco que conecta vagas que não foram preenchidas em instituições de ensino privadas à famílias que não tem condições de pagar as mensalidades integrais. Confira aqui nossa matéria especial com um dos fundadores da empresa.

Foto: stem.T4L no Unsplash

Assine nossa neswletter