Oportunidades

Carrefour lança editais para apoiar empreendedores negros e projetos de combate ao racismo

1 mins de leitura

Após assassinato de cliente negro em loja da rede multinacional em Porto Alegre (RS), empresa criou comitê externo formado por intelectuais negros para promover ações e investir em projetos que promovam a igualdade racial.

O assassinato do cliente negro João Alberto Freitas, 40 anos, no estacionamento do Carrefour, em Porto Alegre (RS), gerou uma grande comoção nacional. O crime ocorrido em 19 de novembro de 2020 desencadeou uma série de protestos em diversas cidades pedindo justiça por Beto, como era conhecida a vítima entre os amigos e familiares.

Após a repercussão do crime e protestos em diversas cidades, o Carrefour chegou a um acordo com a família da vitima e criou uma comissão externa para a promoção de ações antirracistas e um fundo de apoio à equidade racial e empreendedorismo negro. O site www.naovamosesquecer.com.br foi criado para comunicar e divulgar os compromissos e as ações que estão sendo desenvolvidas pela empresa.

No dia 1 de junho, três editais foram lançados:

Cada edital possui critérios específicos de participação, mas em todos os casos são aceitas inscrições de organizações ou empresas criadas e administradas por pessoas negras de qualquer região do Brasil.

Para o edital de Fortalecimento Institucional de Organizações Afro-Brasileiras, serão selecionadas 15 organizações e cada uma delas vai receber R$ 65 mil.

Já o edital de Iniciativas de Fomento ao Empreendedorismo Negro, serão selecionadas 15 organizações que vão receber R$50 mil cada.

Por sua vez, o edital de Iniciativas de Combate ao Racismo e à Discriminação selecionará 10 organização para receber R$30 mil cada.

Todos os editais vão até 30 de junho de 2021 e devem ser feitas pelo site oficial do programa.

Assine nossa neswletter