Empresa da Paraíba lança jeans de algodão colorido que gasta menos água na fabricação

7 de janeiro de 2020

Por Impacta Nordeste
Com informações da Embrapa e Agencia EcoNordeste
Foto: Natural Cotton Color


Você já ouviu falar em “jeans de algodão colorido”? Pois é, isso existe, e é criação da Natural Cotton Color, empresa com sede em Campina Grande, Paraíba, em parceria com o Senai após vencer o edital de inovação em 2016.

A novidade foi apresentada ao público durante a semana de moda sustentável Brasil Week em novembro, em São Paulo. O tecido é fabricado a partir do denim, matéria prima do jeans, e algodão colorido na tonalidade BRS Rubi, desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). 

Este tipo de jeans utiliza bem menos água para sua confecção do que o convencional jeans azul. “Para produzir uma calça jeans no Brasil são necessários entre quatro mil e 11 mil litros de água em toda a cadeia, desde a irrigação ao beneficiamento e acabamento final do produto. Já o algodão colorido não é irrigado e não necessita de tingimento. Portanto, consome menos água.”, afirma Luís Sávio Pinheiro, Gerente de Tecnologia do Instituto Senai de Tecnologia Têxtil e Confecção.

Além da Brasil Week, o jeans de algodão também foi apresentado na Première Vision Paris, considerada a principal feira da indústria têxtil mundial. Segundo Francisca Vieira, presidente da Natural Cotton Color, a recepção do público no evento foi bastante positiva. “Se o nosso denim tiver a aceitação no mercado como teve na Première Vision Paris, será uma revolução na indústria do jeans.”, diz ela.

Foi na própria instituição que foram criados os fios têxteis, as malhas e o denim de algodão colorido presentes no 1° jeans sustentável do Brasil. Lá também foram desenvolvidos um elastano biodegradável e um outro tecido que mistura o algodão colorido com seda natural. Os próximos passos são a fabricação de outros tons do algodão, como laranja e rosa. Atualmente, a Embrapa possui seis variedades de cores, que vão do verde-claro aos tons de marrom escuro e avermelhado.

O jeans de algodão colorido foi viabilizado graças a parceria do Senai com o Comitê Gestor do Arranjo Produtivo Local de Confecções e Artefatos de Algodão Colorido do Estado da Paraíba. Criado em 2011, é composto por empresários, produtores de algodão e instituições de apoio e tem como objetivo articular todas as etapas que envolvem o processo produtivo da pluma.

Um exemplo é a garantia da compra da produção do algodão colorido, que deu segurança ao produtor para realizar o plantio e, posteriormente, movimentar a cadeia produtiva do estado da Paraíba, como os processos de tecelagem, confecções e empresas de moda e decoração.

O comitê é formado pelas seguintes organizações: Embrapa, Associação Brasileira da Indústria Têxtil e Confecção (Abit), Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), Senai, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), bancos públicos e privados, Governo da Paraíba, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Gostou do nosso site? Siga o Impacta Nordeste, assine a nossa newsletter e compartilhe com os amigos!