Mas, afinal: o que são os ODS?

13 de novembro de 2019

Cada vez mais difundidos por governos, empresas e organizações, muitas pessoas ainda não sabem o que são os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Por Impacta Nordeste


O desejo de deixar um lugar melhor para as próximas gerações é, muitas vezes, objeto de nossas reflexões sobre o futuro. A preocupação é legítima: a cada ano que passa, crescem os índices de desigualdade social e degradação ambiental em todo o mundo. Diante disso, a resolução para estes e tantos outros problemas sociais parecem estar muito longe de serem solucionados. 

Em setembro de 2015, a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável reuniu 193 líderes mundiais em sua sede, localizada na cidade de Nova York, e adotaram um plano de ação conjunto de modo a promover o desenvolvimento sustentável efetivo para os próximos 30 anos. O saldo do evento foi a criação dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Os ODS foram construídos em um processo de negociação mundial, que teve início em 2013 e contou com a participação do Brasil em suas discussões e definições a respeito desta agenda.

Mas o que são os ODS? Para compreender melhor este tema, continue a leitura e saiba como a proposta pode ajudar na elaboração de medidas efetivas para o projeto de desenvolvimento de cada nação, e como empresas e a sociedade civil podem contribuir.

O que são as ODS?

Os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, conhecidos como ODS, integram o documento intitulado Transformando Nosso Mundo: a Agenda 2030 para O Desenvolvimento Sustentável, e é considerado um plano de ação mundial para os próximos 15 anos, de acordo com as características e prioridades de cada nação. 

A ideia é a de que o poder público, setor privado e sociedade civil trabalhem em conjunto para o cumprimento da Agenda 2030 em sua totalidade. Até lá, as ODS e as 169 metas pré-estabelecidas vão atuar como ponto de apoio para o fortalecimento das cinco áreas consideradas de maior grau de importância para toda humanidade: Pessoas, Planeta, Prosperidade, Paz e Parcerias.

De forma resumida, a Agenda 2030 é estruturada da seguinte maneira:

  • Visão e princípios;
  • Quadro de resultados: composto pelos 17 ODS e suas 169 metas;
  • Implementação: quais serão as ferramentas utilizadas e as parcerias globais;
  • Acompanhamento e revisão.

Os 17 ODS são totalmente integrados e compõem as três dimensões do desenvolvimento sustentável: econômica, social e ambiental. Confira abaixo cada uma delas:

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, segundo a ONU

  1. Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares
  2. Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável
  3. Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades
  4. Assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos
  5. Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas
  6. Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos
  7. Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos
  8. Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos
  9. Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação
  10. Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles
  11. Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis
  12. Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis
  13. Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos
  14. Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável
  15. Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade
  16. Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis
  17. Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável

Os ODS aplicados no Brasil

Aqui no Brasil, o documento que contém os ODS foi adaptado para a realidade do país. Nomeado como “Roteiro para a Localização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: implementação e acompanhamento no nível subnacional”, o documento é o suporte para que os governos regionais de todo o país possam cumprir as metas contidas na Agenda 2030 e no Roteiro a nível local.

No entanto, implementar essa agenda para garantir o futuro para as próximas gerações não é uma tarefa somente para o Estado. Para potencializar essas ações em conjunto com o poder público, estão as empresas, os negócios de impacto e as organizações sociais.

Diversas empresas tem adotado medidas internas e externas, alinhadas com os ODS, para se juntarem a esse esforço conjunto. Algum exemplos de medidas são:

  • Atenção à cadeia produtiva;
  • Adoção de procedimentos e tecnologias ambientalmente sustentáveis;
  • Promover um ambiente de trabalho com maior diversidade.

Negócios de impacto socioambientais já nascem dentro desta perspectiva, pois são empreendimentos que têm a missão explícita de gerar impacto socioambiental positivo ao mesmo tempo em que geram resultado financeiro positivo e de forma sustentável.

(Quer saber mais sobre negócios de impacto e/ou conhecer negócios de impacto do Nordeste? Clique aqui para acessar a vitrine virtual de empresas do ecossistema da região.)

Já as organizações sociais (OSCs e ONGs) estão na linha de frente desse esforço, desenvolvendo programas e projetos em prol da conservação do meio ambiente, educação, geração de renda nas periferias e comunidades carentes, igualdade de oportunidades, entre muitas outras ações.

(Quer conhecer o trabalho incrível de ONGs do Nordeste? Clique aqui para acessar o Mapeamento de ONGs da região.)

Inciativas que impulsionam os ODS

Accelerate2030

É um programa global, co-iniciado pelo Impact Hub e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), com o objetivo de escalar globalmente negócios que estejam em fase de crescimento e alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Clique aqui para conhecer.

Pacto Global

Lançado em 2000 pelo então secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, o Pacto Global é uma chamada para as empresas alinharem suas estratégias e operações a 10 princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção e desenvolverem ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade. É hoje a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, com mais de 13 mil membros em quase 80 redes locais, que abrangem 160 países. Clique aqui para saber mais.

O que achou deste artigo? Conseguiu entender mais sobre as ODS? Se você possui uma empresa ou um negócio de impacto social, de que forma você poderia contribuir com a aplicação da Agenda 2030 na sua região? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe este artigo nas suas redes sociais.